terça-feira, 23 de setembro de 2014

Do tempo


Criamos o monstro que nos consome
E o vemos passar na janela como se ele sempre estivesse ali
O alimentamos com nossa respiração
E tememos sua chegada preenchendo cada espaço dos nossos dias
E na tentativa de prolongar aquilo que nós mesmos estipulamos
não sentimos e não vivemos com plenitude a sua ausência...
(Caroline Cristiano Cardoso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário